sábado, 24 de janeiro de 2015

Livrando-se de Energias Negativas

Livrando-se de Energias Negativas

Quem nunca se sentiu tão cansado só de entrar em um ambiente ou apenas ao entrar em contato com outra pessoa? Muitas vezes a outra pessoa não percebe o que está fazendo, seja emanando energia negativa ou sugando energia (vampiro energético), por isso não adianta sair brigando que além de magoar, a situação pode piorar. Entretanto, quando isso acontece nos sentimos cansados, desanimados, irritados, impacientes e etc. Não dá pra ficar assim, até você conseguir se recuperar naturalmente, não é mesmo? Até mesmo porque várias pessoas sucumbem e permitem que esses sentimentos/estados se instalem/permaneçam e abram várias portas para pensamentos ruins. Para ajudar nessa recuperação, separei algumas atividades, que funcionaram comigo, para os auxiliar - além de serem ótimas para ajudar a manter a energia equilibrada:

Limpeza do ambiente: limpe todo o cômodo, ou a casa, em que você mais passe tempo. Cada gaveta, cada cantinho, cada estante. Livre-se de toda a sujeira. Aproveite para jogar fora/doar (somente coisas em boas condições!!) tudo o que está quebrado ou que você não use mais. Não se apresse, se começar a se sentir cansada(o) pare e descanse, continue apenas no dia dia seguinte ou quando voltar a se sentir bem. Pense em coisas boas enquanto faz isso, se preferir também pode escutar música. Quando o cômodo/casa já estiver limpo, acenda um incenso ou queime uma essência, agradeça aos Deuses (ou a quem você quiser ou pule essa parte), medite e descanse - eu costumo dormir.

Tome banho de ervas: existem várias ervas e cada uma delas possui uma propriedade diferente. É interessante pesquisar qual seria a erva mais adequada para o que você está querendo banir, eu costumo usar alecrim. Ao jogar a água, pode ser fervida ou não, com a erva, do pescoço pra baixo, visualize toda a energia negativa indo embora - gosto de visualizar uma mancha marrom no corpo e conforme vou jogando a água, minha pele retoma a cor normal. Também é uma boa idéia visualizar a energia carregada sendo purificada durante o banho cotidiano.

Meditação com ervas ou essência: Esquente uma quantidade de água suficiente para cobrir seus pés, quase no ponto de fervura. Despeje a água num recipiente adequado e espere até você conseguir manter os pés submersos. Pingue 7 gotas de óleo essencial ou essência de Eucalipto. Mergulhe os pés na água e reflita, libertando-se de mágoas, raiva e rancor. Quando sentir que já ficou tempo suficiente, seque os pés numa toalha e despeje a água. Fonte: Santta Tendência.

Crie escudos de proteção: Firme em sua base, pode ser uma cadeira por exemplo. Solto(o) e concentrada(o), reúna sua energia interior. Visualize uma esfera de luz dourada, localizada na região do peito ou na testa, como você preferir. Projete a bola de luz à sua frente. Agora visualize-a se movimentando ao redor do seu corpo. Faça-a girar cada vez mais rápido até que ela se torne um cinturão de energia dourada envolvendo todo o corpo. Gire o cinturão de modo a transformá-lo numa esfera de luz dourada cingindo-te (rodeando) totalmente. Ancore essa esfera de energia dourada com um raio de luz que projeta diretamente para os cosmos. Fixe-a também com outro raio de luz dirigido ao horizonte oriental, onde surgem os primeiros raios do sol. Fonte: Wicca Essencial, Editora Pensamento.

Cristais: assim como as ervas, cada cristal possui propriedade própria. Nesse caso, pesquise qual o cristal mais indicado para a sua situação. A Turmalina Negra é ótima para neutralizar energias negativas. Você pode usar os cristais através de acessórios e/ou deixá-los para proteção do ambiente/casa.

Espelhos: um espelho na entrada da sua casa reflete a energia negativa e a impede de contaminar seu lar.

Meditação: meditar não é fácil, mas traz um alívio magnífico. Não desista se não conseguir da primeira vez, continue treinando.

Intuição: use e abuse da sua intuição, é muito importante escutar a si mesmo. No caso do escudo de proteção, não faço exatamente como está no livro, como passei para vocês, mas o adaptei porque senti que era necessário. Se você sentir que tal ação é necessária, como por exemplo qual erva usar, faça-a.

Aterre Energia: Aterrar energia nada mais é do que renovar a sua própria puxando a energia pura da Natureza. Para isso, coloque os pés e as mãos na terra (pode ser terra de vaso), caminhe na praia. O importante é o contato com a natureza e a purificação que ela oferece. 

Com toda certeza a pior situação de todas é quando o vampiro energético mora contigo ou é alguém que tens de ver quase sempre. É o meu caso. E vou ser muito sincera, eu ainda não consegui um jeito de esse vampiro não me incomodar, o que faço é ficar no meu quarto longe da pessoa e assim eu me mantenho bem. Fazendo os passos acima, mantenho minha energia equilibrada, mas quanto a essa pessoa em questão ainda possuo dificuldade em me proteger completamente.
Espero que tenha ajudado e por fim deixo um vídeo da Sacerdotisa Sabrina, também conhecida como Aislin Celtic,criadora do canal S.O.S Wicca, o qual recomendo para quem quiser aprender um pouco mais sobre a Wicca. Ah! Lembrando que esses rituais não são necessariamente wiccanianos e que, acima de tudo, é preciso acreditar no que você está fazendo.


terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Livro: Wicca Essencial

Livro: Wicca Essencial

Aproveitando o gancho do post anterior, o primeiro livro que indico é "Wicca Essencial" de Paul Tuitéan e Estelle Daniels.
É um livro bem detalhado sobre A Arte, como também é conhecida, contendo informações sobre rituais, símbolos, como montar um altar, covens, Sabaths (festividades solares) e  Esbaths (celebrações lunares). O foco é sobre a prática da magia em grupo - covens - e a maioria dos rituais, descritos no livro, são desenvolvidos para esse modo. No entanto, tudo pode ser facilmente adaptado para bruxos solitários, já que o livro deve apenas servir como base de conhecimento, além de não existirem "receitas prontas" de rituais. A idéia é trabalhar o seu próprio ritual, deixando-te mais confortável e mais perto dos Deuses pois serão tuas palavras, as do coração.
É um ótimo livro para se conhecer um pouco sobre cada assunto da Wicca, é bem claro e possui um glossário explicando os termos mais comuns utilizados no meio da magia. Apesar de ter 391 páginas, talvez seja uma boa ajuda para quem quiser mostrar à sua família, buscando compreensão, já que os capítulos são bem divididos e é possível ir direto ao ponto.  
Lembrando que: seguir o caminho da magia exige muito estudo, não apenas o necessário para a iniciação dos 3 graus. Ao escolher ser um(a) bruxo(a) você se tornará um eterno aprendiz e deve sempre perseguir o conhecimento.
Façam sempre o bem ao próximo e a si mesmo!

Abençoados sejam!

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

A Wicca

A Wicca

Olá, pessoal! Nesse post irei contar um pouco sobre a Wicca, a religião que faço parte. Esse texto tem como único objetivo servir de leitura para quem possa se interessar em conhecer um pouco da Wicca. Não é de meu interesse converter ninguém, mas apenas esclarecer alguns pontos que não são bem compreendidos.
Bem, a Wicca é uma religião dualista, matriarca e pagã baseada nas crenças religiosas pré-cristãs. Ou seja, Wiccanianos cultuam duas divindades: A Deusa e o Deus. Como é uma religião matriarcal, as mulheres possuem um papel importante na sociedade e ocupam grandes cargos religiosos (Suma Sacerdotisa), assim como os homens (Sumo Sacerdote) - não havendo distinção de gênero. É centrada na Natureza, na filosofia, mistérios e no conhecimento. Na Wicca, não existe o Maniqueísmo (mundo dividido entre o bem e o mal), todas as coisas possuem um lado bom e ruim e devemos sempre buscar equilibrá-las.
A melhor parte da Wicca, sem dúvidas, é a liberdade. Não há um modo definido de culto aos Deuses, não há milhares de regras escritas em um livro, não há restrição de culto a apenas um panteão. Não. Você é livre para cultuar seus Deuses, sejam quem eles forem e a quais panteões pertencem. Claro, existem poucas regras que nos lembram que a Magia não deve ser usada negativamente. São elas:

A Lei Tríplice - "Tudo o que fizeres retornará triplicado" (lembre-se, ao mesmo tempo que apontas o dedo, há três virado para ti)

A Regra de Ouro - "Faze aos outros o que queres que te façam"

Acredito que todos já conheciam essas regras, principalmente a segunda. As leis acima também são aplicadas quando o mal é direcionado a si mesmo. 

Vamos desmentir alguns mitos?

- Bruxos não acreditam em Satã, Diabo, Satanás (e os outros mil nomes);

- Nenhum animal, humano e feto são sacrificados;

- Bruxos não obrigam ninguém a fazer algo que agrida o seu interior;

- Não há profanação de Igrejas ou qualquer item sagrado que pertença à outra religião;

- Nenhum crime é cometido em nome da Religião.


O Wiccaniano deve, acima de tudo, respeitar. Tanto a Natureza quanto as escolhas das pessoas ao seu redor. Não existe proselitismo (conversão), a própria pessoa interessada deve buscar os conhecimentos sobre a Religião. Lógico que podem fazer perguntas aos Bruxos, mas não são os Bruxos quem devem ir falar com a pessoa primeiro. Exige muito estudo!

É só uma pequena introdução sobre a Wicca, ainda existem vários assuntos a serem abordados (como Tradições, instrumentos, símbolos, ervas e etc), mas irei comentá-los aos poucos. Espero que essa pequena introdução tenha ajudado a esclarecer alguns pontos e, principalmente, ajudado um pouco quem está começando. Com o tempo, recomendarei alguns livros e sites, mas se quiserem já podem acessar o Old Religion. Se houver algum equívoco da minha parte, peço desculpas e , por favor, avisem-me !

domingo, 4 de janeiro de 2015

Recomeço

Recomeço
 
 Após alguns anos de ausência, resolvi voltar. Engraçado, quando comecei com o blog tinha apenas 12 anos! E observando o passado, pude perceber como cada palavra era cheia de ódio... Eu ainda não sabia, porque tentava convencer a mim mesma que tudo estava bem, que tudo iria ficar bem. Após minha despedida ao blog, comecei a fazer tratamento e percebi o quanto meu coração estava machucado e como uma ferida muito profunda ainda sangrava: a morte do meu pai. 

 Felizmente, eu havia decidido que eu mesma queria me ajudar e consegui seguir em frente. Hoje estou ótima comparada ao passado, mas comecei a sentir falta de algo que fez parte da minha vida durante 5 anos e onde eu pude me abrir e ser ajudada, guardando algumas amizades até hoje. Para isso, decidi recomeçar e deixar o passado para trás, então o nome e a URL foram trocadas. Um novo caminho para trilhar...

 Já não postarei mais lamentos, de vez em quando vai (hehe), mas sim dividir gostos, opiniões, reflexões e etc. Abordarei muitos temas sobre Wicca, Magia, jogos e livros - entre outros, é claro -; mas nada cópia e cola! Todos os textos serão feitos com minhas próprias palavras. Ah! Ainda não consegui me familiarizar com o novo modelo de layout do blogger e por isso esta versão foi feita utilizando o modelo antigo, não se adaptando muito bem a certas resoluções e para a versão mobile. Ainda estou aprendendo, mas aceito ajudas/dicas/sugestões.  

 Obrigada a todos que me estenderam a mão. E a todos os outros: bem-vindos a Avalon!